Concessionária Ford em Foz do Iguaçu - PR

Por Autoeste 20.02.2020

Existem alguns cuidados que você deve ter para dirigir com a postura correta e nós iremos te ajudar com isso neste post.

A correria do nosso dia a dia na maioria das vezes faz com que liguemos a mente no automático. Entramos em nosso carro e nos sentamos no banco de qualquer forma, ligando rapidamente o veículo e acelerando logo em seguida. Na autoescola, aprendemos que a primeira coisa a se fazer é ajustar os espelhos e o banco do carro. Mas, e quanto a nossa postura, como fica? Você já se perguntou sobre isso?

Ter uma boa postura para dirigir não se trata apenas de seguir uma norma básica ou até mesmo as regras da autoescola. Na verdade, é algo de extrema importância que auxilia também na segurança do motorista e dos passageiros. O ângulo do banco, por exemplo, ajuda o condutor a ter a força necessária nos braços para desviar com agilidade de um buraco, ou até mesmo evitar um atropelamento. E os benefícios ainda vão além: a sua saúde também pode ser impactada de forma muito positiva com isso.

Confira abaixo algumas dicas para manter a postura adequada para dirigir, que separamos para você:

Cabeça
Você deve posicionar a cabeça corretamente no encosto do banco, e este deve ficar levantado até que a linha dos olhos fique na metade do encosto. Dessa forma, você previne dores musculares no tronco e previne também o “efeito chicote”, que é quando a cabeça é movimentada de forma brusca para frente e para trás durante uma colisão traseira, provocando torcicolo e luxações nas vértebras.

Coluna
A coluna precisa estar totalmente em contato com o encosto do banco. O ângulo mais indicado é entre 100 e 120 graus, respeitando a sua curvatura lombar. Caso você fique totalmente reto, de forma forçada, isso pode acabar por deixar os músculos tensos e causar desconforto.

Braços
Você também precisa ter cuidado com os seus braços. Se eles ficarem muito esticados, podem causar dores nos ombros e no pescoço. O correto é deixar os cotovelos dobrados em um ângulo de 120 graus, mantendo as mãos no volante e os ombros encostados no banco.

Mãos
Como você já deve saber, as duas mãos precisam estar firmes no volante. No entanto, temos uma dica: imagine que o volante seja um relógio e suas mãos os ponteiros. O ideal é que elas “façam” o horário 10:10 no volante, pois dessa forma, terão mais liberdade para conduzir o veículo em casos de emergência. Além disso, isso evita que as mãos fiquem flexionadas de forma incorreta, podendo causar fortes dores nos braços.

Pernas
Esticar totalmente as pernas para alcançar os pedais é algo que você decididamente não pode fazer. Para regular a distância entre o banco e o painel, você pode pressionar a embreagem até o fundo, até que o joelho fique levemente flexionado. Dessa forma, você evita dores nas pernas e também na coluna.

Pés
E por fim, os seus pés também merecem estar em uma posição confortável, até porque eles trabalham intensamente durante o percurso. Em descanso, o seu pé deve ficar totalmente em contato com o chão do carro, isso alivia a tensão dos músculos.

 

Foram muitas ficas, né?! Mas temos a certeza que depois de ler esse texto, você levará mais a sério a questão de manter a postura correta na hora de dirigir.